É isso mesmo, não é pegadinha! Aliás, é completamente natural seu bebê ter regressão do sono aos 4 meses mas, é importante saber que é apenas uma fase e vai passar. A regressão do sono é o nome que se dá à fase em que os padrões de sono do bebê mudam. Ou seja, seu bebê acorda com frequência durante a noite, tem dificuldades para dormir novamente, e aí, ficam os dois acordados, você e ele! No entanto, essa fase é importante, pois é um indicativo de que o seu bebê está se desenvolvendo bem e que está num período de grande crescimento físico ou cerebral. 

O cérebro dos nossos pequenos evolui constantemente e conforme vai se adaptando ao ambiente que vivem no momento, vai aprendendo novas habilidades. Seu bebê, nessa fase, pode estar se dedicando muito para aprender a se movimentar ou rolar pelo chão. Esses momentos de tentativa e erro, de aprender algo novo que leva tempo, pode deixar seu bebê um pouco estressado e frustrado, então, isso reflete um pouco em seu padrão de sono.

A primeira regressão do sono acontece geralmente quando o bebê tem uns 4 meses de vida, obviamente, pode variar um pouco de cada organismo. Em alguns casos, pode ser que nem passe por isso. É normal, que por ser a primeira regressão do sono, seja mais difícil de lidar para os pais, e as regressões costumam durar entre duas a quatro semanas  

Quais os indícios de regressão do sono?

O indício mais comum é quando o seu pequeno, antes,  aos 4 meses de idade, conseguia dormir tranquilamente durante toda noite. E, repentinamente, não está dormindo mais bem, com despertares cada vez maiores por toda a noite. Existem outros sinais que você pode observar como: seu bebê fica agitado, tem menos cochilos durante o dia e tem seu apetite alterado.

Como lidar com a regressão do sono nos 4 meses?

A primeira coisa a ser feita é manter a calma, pois é uma situação normal e passageira. O seu bebê está incomodado com o crescimento acelerado do seu corpo e da sua mente. Por outro lado, agora, ele pode interagir mais com o ambiente e com as pessoas em que vive ao seu redor. É preciso nos atentarmos, também, que doenças de uma certa forma atrapalham o sono do bebê, por isso, sempre consulte um médico, caso ele tenha algum sintoma como febre.

Deixe o seu bebê praticar suas novas habilidades durante o dia

Seu pequeno tem se dedicado muito para aprender novas habilidades e pode estar tão empolgado que tenta praticá-las o tempo todo, até a noite, dificultando, assim, a rotina do sono. Os papais podem diminuir a prática das atividades, antes um pouco, do bebê ir dormir para desacelerar. E para compensar, dar bastante tempo durante o dia para que ele possa praticar tudo o que vem aprendendo

Alimente seu pequeno durante o dia

Ter todas as refeições durante o dia e ter uma refeição antes de dormir, ajuda o seu bebê não ter sono no meio da noite. Nesse período, é normal que ele não se concentre muito para se alimentar e comer tudo direitinho, pois está maravilhado com o que vem aprendendo. Tente eliminar as distrações na hora da refeição para que o seu pequeno tenha maior probabilidade de se manter concentrado. E não o acostume a alimentá-lo sempre quando acorda de noite chorando, pois isso pode virar uma rotina para ele.

Busque ficar próximo na hora que ele for dormir, ofereça segurança física e verbal, diga que ele estará seguro e o embale como um charutinho, isso ajuda. Caso o seu pequeno ainda não saiba como dormir, tudo bem, é um processo mesmo.

Mantenha a luz do quarto apagada

Mantenha sempre o ambiente onde o bebê dorme o mais escuro possível para incentivar um bom sono. Se o seu bebê acordar muito cedo, o escuro o ajudará a dormir mais rápido. O mesmo acontece na hora de levantar com a luz natural, comunicando ao cérebro que é hora de levantar.

Rotina do sono

Nessa fase, os bebês necessitam de 10 a 12 horas de sono por noite e durante o dia alguns cochilos. É importante ter uma rotina de sono, tanto para o bebê quanto para a mãe, isso contribui na regulamentação dos padrões de sono. Além de ajudar o corpo a se preparar, se desligar um pouco, quando estiver próximo da hora de dormir.

Procure não amamentá-lo como um meio de fazê-lo dormir ou deixá-lo dormir contigo, por mais que seja uma tentativa de acalmá-lo e solucionar o problema, isso leva-o a ter associações erradas sobre o sono e dificultar, depois, qualquer tentativa de dormir sem essa rotina.

Despertares

Caso o seu bebê acorde durante à noite, espere alguns minutos antes de levantar para acalmá-lo. Mas, obviamente, se o choro permanecer, os pais precisam verificar o que é. Contudo, tente fazer com que esses despertares noturnos sejam mais breves possíveis, troque a fralda ou o alimente rapidamente, em silêncio, para que seu bebê volte logo a dormir. 

Categorias: Rotina